O início

1983 – Lançamento da primeira bomba de insulina

Durante o Congresso da Associação Americana da Diabetes em 1983, a companhia apresentou a sua primeia bomba de insulina a MiniMed 502. Pouco mais que um produto rudimentar, a bomba de insulina MiniMed 502  é rapidamente substituída pela bomba de insulina MiniMed 502A que representa uma inovação tecnológica importante pelo seu tamanho e capacidade de programação em relação a todas as bombas de insulina anteriores.

1987 – Apresentação do conjunto de infusão Sof-set®

À medida que evolui o tratamento com bombas de insulina, o conforto do cliente adquire uma importância cada vez maior. A apresentação em 1987 do conjunto de infusão Sof-set®  constituiu um marco no tratamento com bombas de insulina.
O Sof-set é o primeiro conjunto de infusão que substituiu a agulha metálica por uma cânula macia e flexível para uma inserção subcutânea. O Sof-set define um outro nível de comodidade da infusão.


1992 – Lançamento da bomba de insulina MiniMed 506

A bomba de insulina MiniMed 506 é apresentada em  1992. Para esta bomba de insulina reformulou-se a fundo toda a programação, a electrónica e a mecânica das bombas de insulina anteiores. A bomba de insulina MiniMed 506 proporciona numerosas e avançadas funções, como por exemplo uma memória para os bolus das comidas e os totais da insulina diária.


1994 – Apresentação do Quick Release®

Continuando a investigação no sentido de alcançar um maior conforto para o doente, a companhia apresenta o primeiro dispositivo que permite ao utilizador desconectar-se temporariamente da bomba de insulina. Situado junto à área de infusão, o Quick Release (ou QR) proporciona um novo nível de liberdade e de flexibilidade.

Os tempos modernos

Julho de 1995 – MiniMed, inc. entra na Bolsa

MiniMed entra na Bolsa com uma oferta pública inicial de sucesso. As acções começam a ser cotadas no NASDAQ a 13.00 $ cada acção com o símbolo de cotização: MNMD.

Agosto 1997 – Apresentação do conjunto de infusão Silhouette®

Lançamento no mercado de um novo conjunto de infusão Silhouette e do dispositivo de inserção automático Sil-serter. O Silhouette combina a possibilidade de uma inserção angular com a comodidade de desconectar o dispositivo no local da infusão. Graças ao seu ângulo de inserção é especialmente indicado para adultos de baixo peso corporal e para crianças.

Junho 1998 – Apresentação da bomba de insulina MiniMed 507C

A companhia apresenta a bomba de insulina MiniMed 507C. As novas funcionalidades incluem um bolus duplo, índices basais sem limite e uma maior capacidade de memória.


Junho de 1999 – FDA aprova o novo sistema de monitorização da glicose para uso profissional.

A Food and Drug Administration (FDA) americana aprova o primeiro sistema de monitorização contínua da glicose (MCG) ambulatório para uso profissional. MCG é um «dispositivo cronológico» que regista os valores da glicose durante um período de 3 dias e descarrega os dados de tendência na consulta do médico para análise. Este sistema serve para criar um perfil glicémico basal, iniciar e monitorizar o tratamento e determinar as acções adequadas caso o paciente tenha problemas com o seu controlo da glicemia.

Agosto de 1999 – Lançamento da bomba de insulina de infusão modelo 407C para uso geral de fármacos

A companhia comercializa a sua bomba de insulina de infusão modelo 407C que serve para tratar diversas patologias diferentes da diabetes. O modelo 407C  administra fármacos que são adequados para administraçao subcutânea e que se assemelham às bombas de insulina para o tratamento da diabetes.

Março de 2001 – Apresentação do conjunto de infusão Quick-set®

O conjunto de infusão Quick-set combina num único produto as funcionalidades mais úteis dos conjuntos de infusão existentes, entre elas um desconector de dimensões reduzidas no local de infusão e uma cânula macia de 90 graus. Mediante o dispositivo de inserção automático, o conjunto de infusão Quick-set insere-se praticamente sem dor carregando simplesmente num botão.

Agosto de 2001 – Medtronic adquire a Minimed

MiniMed, Inc. e a Medical Research Group (MRG) fundem-se para criar a Medtronic Diabetes com sede principal em Northridge, California. Como unidade de negócio da Medtronic para a diabetes, a companhia continua a expandir a sua posição de lider de mercado no controlo da diabetes e é especializada na administração da insulina, na monitorização contínua da glicose, no desenvolvimento de algoritmos avançados e em softwares de administração do tratamento.

O presente

Fevereiro de 2002 – Apresentação da bomba de insulina Minimed Paradigm®

A  bomba de insulina MiniMed Paradigm 511 é uma plataforma de bombas de insulina completamente nova da Medtronic Diabetes. A bomba de insulina utiliza uma bateria AAA mais cómoda para o utilizador e dispõe de um novo sistema de menús intuitivos que facilita a aprendizagem e o manejo no tratamento com bombas de insulina.

Junho de 2003 – O GMS® System Gold™  apresenta-se na American Diabetes Association (ADA)

CGMS System Gold, um dispositivo cronológico que regista os valores da glicose durante um período de 3 dias, utiliza um sensor de glicose melhorado e oferece um monitor com a máxima facilidade de utilização. O médico descarrega os dados do monitor para um PC onde pode imprimir ou visualizar os gráficos e diagramas de fácil leitura. O seguro Medicare reembolsa, as despesas para este sistema, nos 50 estados americanos, e dispõe de um vasto programa de reembolso para os seguros privados.


Outubro de 2003 – Bomba de insulina MiniMed Paradigm 712 com um reservatório maior

A bomba de insulina MiniMed Paradigm 712 incorpora um reservatório de insulina maior para os doentes que tenham necessidade de mais insulina para controlar a sua doença. A bomba de insulina pode conter um reservatório de 1,76 ml ou de 3,0 ml. O reservatório de tamanho maior aumenta a comodidade e é adequado para crianças, adultos jovens, pacientes com diabetes  do tipo 1 e 2 insulinoresistentes e mulheres com diabetes gestacional.


Março de 2005 – A FDA aprova o âmbito alargado de uso da bomba de infusão geral modelo 407C

Graças à sua experiência nos sistemas de administração de insulina, a Medtronic Diabetes dedica-se à administração de fármacos para tratar outros estados patológicos. Em 2005, o modelo MiniMed 407C obtém a aprovação alargada da Food and Drug Administration (FDA) americana para administrar fármacos identificados mediante a etiqueta correspondente para a infusão intravenosa e intratecal (medular).

Julho de 2005 – A FDA aprova  o sistema de monitorização contínua da glicose Guardian® RT

Medtronic Diabetes anuncia a aprovação do sistema de monitorização contínua da glicose Guardian® RT pela Food and Drug Administration (FDA) americana. Este sistema de monitorização contínua da glicose para doentes, mostra de 5 em 5 minutos valores da glicose actualizados e dispara um alarme caso o nível da glicose seja demasiado altou ou demasiado baixo.O sistema pode ser utilizado por pacientes com diabetes  tipo 1 ou 2,  de idade superior a 18 anos que desejem optimizar o controlo da glicemia para melhorar a sua saúde e qualidade de vida.


Abril de 2006 –A FDA aprova a bomba de insulina e o sistema de monitorização contínua da glicose MiniMed Paradigm® REAL-Time

Medtronic Diabetes anuncia a aprovação da bomba de insulina e do sistema de monitorização contínua da glicose MiniMed Paradigm® REAL-Time pela Food and Drug Administration (FDA) americana. Pela primeira vez na história do controlo da diabetes, uma bomba de insulina integra a monitorização contínua da glicose (MCG). O sistema de monitorização contínua da glicose é indicado para todos os pacientes a partir dos 18 anos enquanto o tratamento com bombas de insulina é indicado para todos os doentes insulino-dependentes. A integração de uma bomba de insulina com a monitorização contínua da glicose representa um passo importante no desenvolvimento de um sistema de administração de insulina de "circuito fechado" que, quiçá um dia, possa imitar algumas funções do pâncreas humano.